sábado, 22 de setembro de 2018

Expulsão de Lossio divide a Rede em Pernambuco


Depois de ter sido expulso da Rede Sustentabilidade por infidelidade partidária na última sexta-feira (21), por decisão da Executiva Nacional, Júlio Lossio, ex-prefeito de Petrolina e candidato a governador de Pernambuco, anunciou neste sábado (22) que vai recorrer da decisão do partido para disputar as eleições. De acordo com o político, fazer aliança com candidatos ligados a Jair Bolsonaro (PSL), adversário de Marina Silva (Rede) na corrida presidencial, não consiste nas acusações feitas pelo partido.

A decisão de afastar Lossio da disputa pelo cargo de governador parece ter dividido o partido. Algumas lideranças da Rede Sustentabilidade em Pernambuco se manifestaram contrárias à resolução. “A direção nacional da Rede Sustentabilidade não respeitou o estatuto, uma vez que, na reunião deste sábado (22), o que deveria estar em pauta era apenas a deliberação sobre se abriria o processo contra Lossio e não já a votação da expulsão do partido”, pontua Gustavo Henrique, membro do elo (diretório) estadual da Rede.
No entanto, mesmo com a resolução do partido, Júlio Lossio se mostra confiante em continuar com a candidatura. Para exemplificar a atitude, Lossio lembrou de quando Marina Silva, candidata à Presidência da Republica, declarou apoio a Aécio Neves nas eleições presidenciais de 2014.
“Nós vamos lutar até o fim. Eu tenho a confiança de que vamos manter a nossa candidatura, porque isso é uma atitude esdrúxula de um partido que diz uma coisa para fora, que prega a democracia, prega até candidaturas avulsas, independente se alguém não ideias parecidas com a Rede e poderia ser candidato pelo partido. Agora eu nunca vi ninguém ser infiel por receber apoio. Eu já vi ser infiel por apoiar alguém que não está dentro do estatuto do partido, a exemplo de quando Marina apoiou Aécio. Eu pensava que seria mais grave do que isso”.
SITE OP9

Nenhum comentário:

Postar um comentário