sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Vale a pena relembrar: Enéas Carneiro e Cristóvam Buarque no Roda Viva

Foto reprodução. 
Dois nomes, de campos ideológicos opostos, mas que mostram capacidade e inteligência. Ambos, infelizmente, não foram consagrados nas urnas para o cargo de Presidente da República. Enéas Carneiro, que tentou a presidência em 1989, 1994 e 1998, não conseguiu se eleger para o posto. Mas era um verdadeiro profeta da política brasileira, uma vez que tudo que estamos vendo agora, ele já denunciava há muito tempo. O outro, Cristóvam Buarque, foi candidato em 2006, também sem sucesso, ficando apenas na quarta colocação. Buarque tinha a Educação como plataforma principal, por isso foi tachado de "candidato de uma nota só". Pode-se discordar de ambos em alguns pontos, mas acredito que o Brasil perdeu a chance de ter duas pessoas capacitadas conduzindo os destinos da nossa Nação. Enéas faleceu em 2007, enquanto Cristóvam está tentando novamente ser senador pelo Distrito Federal.

Enéas Carneiro (PRONA).

Cristovam Buarque (PPS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário