domingo, 5 de agosto de 2018

Pela primeira vez, uma disputa é repetida nas eleições para o Governo de Pernambuco

Pela primeira vez na história das eleições estaduais em Pernambuco, teremos uma disputa "reeditada" ou repetida, como queiram. Adversários em 2014, o atual governador Paulo Câmara e o senador Armando Monteiro Neto disputam pela segunda vez um contra o outro o Executivo Estadual. Com um agravante que um dos dois, o que perder, estará sem mandato a partir de 2019.

Partindo a partir das eleições de 1986, Miguel Arraes (PMDB) venceu José Múcio Monteiro (PFL); já em 1990, Joaquim Francisco (PFL) teve como adversário Jarbas Vasconcelos (PMDB). Em 1994, Miguel Arraes (PSB) voltou ao comando estadual derrotando Gustavo Krause (PFL). Em 1998, Jarbas Vasconcelos (PMDB) impôs uma derrota histórica a Miguel Arraes (PSB). Em 2002, Jarbas tornou-se o primeiro governador reeleito na história de Pernambuco, mas seu adversário foi Humberto Costa (PT).

Em 2006, Eduardo Campos (PSB) venceu Mendonça Filho (PFL) no segundo turno, primeira e única vez até hoje que as eleições no Leão do Norte foi decidida no segundo turno. Em 2010, Eduardo Campos (PSB) foi reeleito com uma goleada histórica, mas contra Jarbas Vasconcelos (PMDB). E em 2014, o atual governador Paulo Câmara (PSB), que iniciou em desvantagem nas pesquisas, reverteu o quadro e derrotou Armando Monteiro Neto (PTB). Pois bem, neste ano de 2018, novamente temos esses dois candidatos como os principais candidatos ao governo estadual. Teremos uma revanche, um troco de Armando, ou teremos uma nova vitória de Paulo? Ou será eleito algum dos outro candidatos? A conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário