segunda-feira, 9 de julho de 2018

Feliciano Amaral deixou grande legado

O cantor evangélico Feliciano Amaral, falecido aos 97 anos no último sábado, deixou um grande legado. Feliciano era o cantor mais antigo em atividade, registrado no Guiness Book - O Livro dos Recordes, desde 2013. Ele estava internado desde o dia 20 de junho e era conhecido como Rouxinol do Sertão, e chegou até mesmo a participar da cruzada do pastor Billy Graham em 1974.

Nascido em Minas Gerais, Feliciano chegou a residir em Recife, e acabou se mudando para Porto Velho, em Rondônia, para tratamento de saúde.

Que o meio cristão jamais se esqueça desse grande homem que usou sua voz como instrumento para prestar grandes louvores a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário