quinta-feira, 10 de maio de 2018

Ciro Gomes tenta a Presidência pela terceira vez

Ex-governador do Ceará, Ciro Gomes pretende tentar pela terceira vez a Presidência da República. Tentou outras duas vezes em 1998 e 2002. Nascido a 6 de novembro de 1957 em Pindamonhangaba (SP), radicado em Sobral (CE), desde os cinco anos de idade, atualmente está filiado ao PDT, tendo passado antes por PMDB, PSDB, PPS, PSB e PROS. Foi deputado estadual pelo Ceará de 1983 a 1988, Prefeito de Fortaleza de 1989 a 1990, Governador do Ceará de 1991 a 1994, Ministro da Fazenda entre 1994 e 1995, Ministro da Integração Nacional de 2003 a 2006, e deputado federal de 2007 a 2011. Ciro ainda teria sido filiado à ARENA, mas ele negou tal filiação e disse que se filiou ao PDS pra entrar na política contra seu pai.

Ciro é conhecido por seu temperamento forte. Apesar da experiência política inegável, o político tem se destacado por ser muito polêmico. Ciro, em 2002, estava em segundo lugar nas pesquisas para Presidente, inclusive, com a chance real de ir ao Segundo Turno contra Lula. Entretanto, algumas de suas falas - numa delas, chegava a chamar um eleitor de "burro" -, foram exploradas pela campanha de outro adversário, José Serra (PSDB). Com isso, Ciro caiu nas pesquisas e ficou apenas em quarto lugar, atrás de Lula (PT), que venceu no segundo turno, Serra, e Anthony Garotinho (PSB na época).

Ciro ainda tentaria a se candidatar à Presidência em 2010, mas foi preterido, quando na época o então presidente do PSB (partido ao qual Ciro estava na época), Eduardo Campos, retirou a postulação para apoiar a eleição de Dilma Rousseff (PT), que acabou eleita.

Ciro, agora tem crescido nas pesquisas, e depois da prisão de Lula, ocorrida em 7 de abril, Ciro Gomes tem herdado alguns votos.






PUBLICIDADE



Nenhum comentário:

Postar um comentário