terça-feira, 29 de novembro de 2016

Tragédia abala o futebol brasileiro

O carpinense Everton Kempes e Cléber Santana, duas vítimas fatais da queda do avião.
A data de hoje amanheceu com a divulgação de uma notícia da maior tragédia do futebol brasileiro: o avião que levava a equipe da Chapecoense para a Colômbia, onde disputaria a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, caiu em uma região montanhosa, em Cerro Gordo, entre os municípios de La Ceja e La Unión, matando 76 dos 81 ocupantes. Entre os mortos, haviam dois pernambucanos: Cléber Santana, que era de Abreu e Lima, e Everton Kempes, natural de Carpina, na nossa região.

Alguns nomes conhecidos do cenário esportivo nacional, como o técnico Caio Júnior (ex-Palmeiras, Flamengo, Botafogo, Bahia, Vitória, Criciúma, Paraná, Grêmio e Goiás, além de passagens pelo exterior) e o comentarista, ex-técnico e ex-jogador da Seleção Mário Sérgio, também estão entre as vítimas fatais do acidente. Jogadores, membros da diretoria e jornalistas acabaram perdendo a vida no acidente.

A Chapecoense recebeu solidariedade de todos os clubes tanto do Brasil como do mundo. Os perfis dos clubes de Pernambuco, Sport, Náutico e Santa Cruz, também prestaram condolências. A CBF adiou a final da Copa do Brasil, que seria realizada amanhã, para o dia 07 de dezembro, e a última rodada do Brasileirão, que seria realizada no próximo domingo (04), ficou para o dia 11 de dezembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário